Brazil in the UK

Retrospectiva 2016: quais foram os melhores shows brasileiros em Londres?

Quer saber quais foram os melhores shows brasileiros realizados na Europa em 2016? Escute abaixo a Retrospectiva do programa Novos Sons do Brasil, transmitido semanalmente pela Rádio RBG (London), em parceira com a Eleven.

Leia mais:


A apresentadora Lívia Rangel convida os produtores Pedro D-Lita (O Rappa, Thais Gulin) e Natalia De Santana Revi (Elza Soares, Roberta Sá), que pedem música e relembram os eventos de artistas brasileiros que passaram pela capital inglesa, em 2016.

Para saber mais sobre o programa e ouvir os podcasts, clique aqui, para visitar a página do Novos Sons.

Novo por aqui? Siga a Elevenculture.com pelo FacebookLinkedIn e Twitter 

 

Brasil Observer promove exposição de artistas brasileiros em Londres

O jornal Brasil Observer promove de 16 a 30 de dezembro, das 10am às 6pm, a ‘MOSTRA 2016: Brazilian Designers Translating News into Powerful Images’, com 11 pôsters de artistas que ilustraram capas do veículo neste ano. A expo gratuita acontece na Sala Brasil da Embaixada do Brasil, em Londres.

Leia mais:
Resultado: melhor show brasileiro de 2015 em Londres

Arte na capa do jornal
Em 2016, o BO selecionou, por meio de uma chamada pública, 11 artistas brasileiros para produzirem as artes das capas de 11 edições do jornal - que é distribuído gratuitamente em diversos pontos da capital inglesa. Usando técnicas diversas, cada artista representou em imagens o conteúdo jornalístico que estava sendo exposto em palavras, criando uma experiência estética para os leitores da publicação.

“A arte e o jornalismo têm a missão de narrar a história de maneira mais humana. Não que a fantasia não tenha seu charme, mas nos dias de hoje, em que nossa realidade se confunde com uma nova ordem mundial, narradores da realidade têm a importante missão de contar nosso cotidiano sem maquiagens”, afirma Izolag, um dos artistas selecionados.

"Nosso objetivo é explorar a relação ente arte e jornalismo para aguçar e ampliar a percepção e a imaginação do público", explica a equipe do BO

Para o artista Rodrigo Cardoso, “mais do que apenas informar, a arte e o jornalismo absorvem, interpretam, dão sentido… E aí sim colocam a informação para o público tirar suas próprias conclusões e interpretações”.

“Ao mostrar a vanguarda da arte urbana brasileira, o Brasil Observer consegue transmitir a complexidade e a pluralidade da contemporaneidade do país. A vivacidade cultural desse jornal informativo e analítico desperta curiosidade e interesse pelo Brasil. Ao oferecer aos artistas essa oportunidade de serem observados e apreciados, o Brasil Observer contribui para a promoção da cultura brasileira no Reino Unido”, diz Hayle Gadelha, Attaché Cultural da Embaixada do Brasil em Londres.

No processo de escolha dos ilustradores, o BO contou com a contribuição da Seção Cultural da Embaixada do Brasil em Londres e da Pigment – coletivo que representa artistas brasileiros na Europa.

SERVICO:
‘MOSTRA 2016: Brazilian Designers Translating News into Powerful Images’
Quando: 16-30 Dez (10am – 6pm)
Onde: Embaixada do Brasil (14-16 Cockspur Street, Londres SW1Y 5BL)
Entrada: Gratuita

Banda Porn Queen (BRA/LUX) anuncia turnê na Inglaterra; veja datas e locais

Se você está na Inglaterra, curte uma noitada com guitarra no talo, ao som do bom e velho hard rock, então, se liga, que essa é pra você! A Porn Queen, ótima banda de Luxemburgo, liderada pelo brasileiro Lucas Ferraz (vocal e guitarra), ao lado de músicos luxemburgueses, está com datas confirmadas no UK, nesta semana. Uma rara oportunidade de ver os caras tocando ao vivo!

Leia mais:


O grupo fará três shows durante a UK Tour: quarta, dia 05/10, dividindo a noite com Dave Evans (ex-AC/DC) no The Underworld Camden, em Londres; quinta, dia 06, no Anvil Rockbar, em Bournemouth; e sexta, dia 07, no The Iron Road, em Evesham. (Para comprar ingressos, clique no nome da casa de show da sua cidade). 

Elogiada por lendas do rock mundial, como Slash e Duff McKagan (Guns'n'Roses), a Porn Queen lança o single “Sons of The Earth”, que vai integrar o segundo álbum de estúdio da banda, Fire, previsto para chegar ainda em 2016.  A banda ficou conhecida no Brasil após excursionar com Slash, abrindo os shows do guitar hero no país. 

“Porn Queen é uma ótima banda de Luxemburgo.
Eu tive o prazer de fazer alguns shows com eles.
Uma banda poderosa, enérgica!”, garante Slash


Confira o clipe do single “Killer Machine”, do primeiro álbum da Porn Queen:

PORN QUEEN UK TOUR - 2016

Brazil Day promove mostra da nova música brasileira em Londres; confira atrações


Um dos mais famosos e imponentes cartões postais da capital britânica, a Trafalgar Square, sedia neste sábado (10), mais uma edição do Brazil Day, evento organizado pela Embaixada do Brasil em Londres.

Leia mais:



A festa homenageia a cultura brasileira, com barracas de comidas típicas, e celebra também os jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. A novidade ficou por conta de uma inesperada mostra com expoentes da música contemporânea do país. Entrada franca.

Aproveitando a passagem pela Europa de artistas renomados como Tulipa Ruiz e o grupo Metá Metá, que estão em tour pelo velho continente, a organização do evento deu uma turbinada no seu line up anunciando as duas atrações aos “47 do segundo tempo”. Uma boa surpresa para o público.

Além de Tulipa e a banda afro-funk paulistana, já haviam sido anunciados a cantora e compositora Lia Sophia, representante do Norte do Brasil, e o cantor baiano Aloísio Menezes, que se apresenta com o bloco percussivo londrino Seraphina, além do forrozeiro Zeu Azevedo, figura conhecida das noites brasileiras em Londres.

O DJ Limão, conhecido como residente da casa de shows Guanabara, anima a plateia durante os intervalos.

Entrevista com Tulipa Ruiz em Londres, depois do show no Rich Mix:


Brazil Day 2016
Tulipa Ruiz, Lia Sophia, Metá Metá, Aloísio Menezes, Zeu Azevedo e mais
Quando: Sábado, 10 de setembro, das 12h as 19h
Entrada livre
Trafalgar Square, Londres

“Já estamos com ensaios marcados pra estrear o novo show”; ouça entrevista com O Rappa

No sábado, dia 13 de Agosto, a Eleven esteve novamente no Electric Brixton para conferir o show do Rappa que, dessa vez,encerrou a turnê mundial do disco Nunca Tem Fim (2013), em Londres. Antes da apresentação, conversei, no camarim, com o guitarrista Xandão e o tecladista Marcelo Lobato.

Leia mais:


A entrevista completa você confere aqui na Eleven (escute o áudio abaixo) e também no programa “Novos Sons do Brasil”, que vai ao ar todas as sextas, na rádio RBG (London). 

O vocalista do Rappa, Marcelo Falcão, by Ross Cooper
No papo, os músicos, que são fundadores do Rappa, falam sobre o atual momento da banda, sobre o cenário politico no Brasil, a world tour e ainda sobre o próximo lançamento do grupo: a turnê do show “Acústico na Oficina Brennand”, resultado do DVD ao vivo, gravado em Recife. O novo show já tem data de estreia marcada: dia 30 de setembro, em João Pessoa, na Paraíba.
 

Voltando agora para o Brasil a gente já está com ensaios marcados pra estrear o novo show, que apesar de ser acústico, o som do Rappa tem uma pegada muito contundente, a gente não quer perder essa pegada forte. Vai ser quase um mês de preparação para, no final de setembro, a gente estrear em João Pessoa e depois Recife, e ai começa uma turnê”, antecipa, Lobato.

Eleven - O Rappa tem uma enorme rede de fãs pelo mundo afora. Como eles podem acessar o trabalho de vocês?

“Nos últimos anos a gente vem trabalhando de uma forma bem legal em relação
às redes sociais, uma forma que tem a ver com a cara do Rappa, uma coisa mais participativa, interagindo sobre os shows, opinando. O Rappa sempre teve isso. A gente encontra fãs no Brasil, e até mesmo fora, que já viraram amigos, são famílias que se formaram, é muito bacana isso, não é uma coisa passageira... A gente quer que o máximo de pessoas tenham acesso ao nosso trabalho”, avalia o tecladista.

“Voltando agora para o Brasil a gente já está com ensaios marcados pra estrear o novo show (acústico)". Lobato


Pra a gente, 'Nunca Tem Fim' foi umturnê muito bem-sucedida, teve um grande êxito;êxito primeiro pra gente, como músico.Acho que conseguimos fazer um grande álbum. Hoje a gente as coisas muito rápidas e efêmeras, né? E acaba que elas são digeridas muito rapidamente e as pessoas fazem sucesso do dia pra noite. A gente tem 24 anos de carreira e acho que a gente soube respeitar isso, a gente demorou pra fazer sucesso, demorou pra que as pessoas aceitassem nossa música. A gente tem um grande público hoje mas isso foi um trabalho de 24 anos, não foi construído de um dia pra noite”, pontua Xandão.

"A gente tem um grande público hoje mas isso foi um trabalho de 24 anos, não foi construído de um dia pra noite". Xandão


Eleven - E o Brasil, como você avalia o atual momento do país?

“Eu saí do Rio há 14 anos e as coisas não mudaram lá. A nossa democracia é muito frágil. As vezes a gente acha que estamos numa democracia, mas na verdade não estamos. Talvez a gente estivesse passando por uma ditadura pro proletariado, em determinado momento. As pessoas estão um pouco perdidas. Eu vejo o atual governo tentando dividir o país em dois movimentos bem diferentes e que não são na verdade, né?”, afirma o guitarrista.
 

 

 

Clique no player para ouvir a entrevista completa abaixo: