Cultura e Arte

Animação "Rio 2" é vista por 1,3 milhão de pessoas na estreia no Brasil; assista ao trailer


Bilheteria da animação "Rio 2" do diretor brasileiro Carlos Saldanha, é logo na estreia a quinta maior de 2014. com de R$ 17,9 milhões. 

Veja também:


S.O.S. – Mulheres ao mar, com ótima sustentação, pode atingir o milhão de espectadores semana que vem. "Alemão" também está próximo de atingir a marca. 

"300 - A Ascensão do Império" ficou em terceiro, com R$ 2,8 milhões, seguido pelo também nacional "Alemão", que faturou R$ 1,3 milhão. O quinto lugar do ranking ficou para a comédia "Namoro ou Liberdade", estrelada por Zac Efron, que arrecadou R$ 850 mil.


Veja o trailer:

Universitários brasileiros do setor cultural ganham apoio para estudar na Itália; saiba mais


Seguindo a linha do programa "Ciência sem Fronteiras", o Ministério da Cultura busca parcerias para emplacar o intercâmbio de estudantes da área cultural.

Na tarde desta terça-feira (25), a ministra da Cultura, Marta Suplicy, assinou acordo com a universidade mais antiga da Europa: a Universidade de Bolonha, na Itália. Reconhecida por sua excelência no setor de Economia Criativa, a instituição de ensino superior vai abrir as portas para universitários brasileiros.

"A ideia é levar estudantes de universidades pelo programa 'Cultura sem Fronteiras'. Experiências como essa proporcionam uma imensa bagagem ao aluno. E é essa oportunidade que queremos oferecer", destacou a ministra Marta Suplicy.

O intercâmbio, que poderá ter até um ano de duração, incluirá aula teórica e estágio prático nas áreas de música, teatro, cinema, artes, literatura, patrimônio e conhecimento jurídico no setor cultural. "Aqui trabalhamos com uma sinergia do conhecimento científico, as novas tecnologias e as áreas de humanidades. Buscamos a inovação criativa. O departamento de informática e engenharia trabalha em conjunto com essas áreas", diz o reitor da Universidade, Ivano Dionigi.

Em abril, a Universidade lança o projeto piloto "Smart Cities". As invenções de alunos recém-formados saem do papel e se transformam em aplicativos de serviços públicos.

A troca de experiências visa ainda o apoio ao empreendedorismo nos setores criativos. A intenção é levar as idéias para serem aplicadas nas Incubadoras Brasil Criativo que estão sendo inauguradas pelo Brasil. Até o fim do ano, serão 13 desses espaços em diversos estados brasileiros.

O acordo ainda prevê:

· estimular atividades de apoio à mobilidade de pesquisadores, docentes e estudantes brasileiros e italianos, envolvendo as instituições pertinentes em cada país;

· fomentar ações de intercâmbio técnico e científico que contribuam para a implementação de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento da economia criativa e o incremento do empreendedorismo de jovens;

· estudar as possibilidades de concessão de bolsas de estudos e projetos de pesquisa para o desenvolvimento da economia criativa no Brasil e na Itália;

· desenvolver estudos comparativos e/ou organizar eventos conjuntos, tais como seminários, cursos, "workshops" ou reuniões de especialistas, para intercâmbio de melhores práticas sobre temas de interesse comum;

· promover a participação em programas de pesquisa e visitas técnicas mútuas, bem como consulta de acervos, troca de informações, documentações e publicações científicas.

Prêmio da Música Brasileira vai virar livro; conheça

Capa do livro

O Prêmio da Música Brasileira está fazendo 25 anos em 2014. E o primeiro pensamento é: “Toda essa história daria um livro”. Pois é, deu. 

Vem aí a obra que conta, ano a ano, cada momento de uma das mais importantes premiações da música brasileira. Encontros históricos, homenagens a quem fez e faz história, imagens inesquecíveis: está tudo lá, para ler, reviver e guardar.

Anote para não esquecer: o lançamento é no dia 15 de abril. "Fica o nosso agradecimento à Vale, que soube reconhecer a importância do Prêmio da Música Brasileira para a nossa cultura", agradeceu a organização. 

A noite de premiação desse ano acontece dia 14 de maio, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Essa edição vai homenagear os ícones do samba.

 

Morre aos 81 anos o ator Paulo Goulart; relembre alguns momentos da carreira


O ator Paulo Goulart, nascido em Ribeirão Preto, no dia 9 de janeiro de 1933, morreu em São Paulo, nesta quinta-feira (13), aos 81 anos. Ele estava internado no hospital São José, na região central da cidade.

Entre agosto e outubro de 2012, ele ficou internado devido a um câncer na região entre os pulmões. Segundo nota do hospital, Goulart morreu às 13h15, "decorrente de um câncer renal avançado". O corpo do ator será velado de 23h30 desta quinta às 13h de sexta-feira (14), no Theatro Municipal de São Paulo. O enterro será na sexta no Cemitério da Consolação, também em São Paulo.

Ao longo de sua carreira, iniciada quando ainda era adolescente, Goulart destacou-se por seus trabalhos em novelas como “Plumas e paetês” (1980), “Roda de fogo” (1986) e “O dono do mundo” (1991). Ele também participou de filmes como “Rio zona norte” (1957), “O grande momento” (1958), “Gabriela, cravo e canela” (1983) e “Para viver um grande amor” (1983). Ele nasceu em Ribeirão Preto (SP) em 9 de janeiro de 1933 – seu nome de batismo é Paulo Afonso Miessa; o Goulart ele tomou emprestado de um tio, o radialista Airton Goulart, como aponta o perfil do ator no site Memória Globo.

A Muralha - 1968

Mulheres de Areia - 1993

O Campeão - 1996

Ti-Ti-Ti - 2010

Comédia nacional satiriza Copa do Mundo e filmes brasileiros; assista ao trailer

Com estreia marcada para 18 de abril, Copa de Elite, comédia que satiriza filmes brasileiros e a Copa do Mundo 2014, ganhou seu primeiro trailer (assista abaixo). Estrelado pelo humorista Marcos Veras (Porta do Fundos e Encontro com Fátima Bernardes), o filme ainda conta com inúmeras participações especiais, como a da funkeira Anitta, Rafinha Bastos, Alexandre Frota e grupo Molejo.

No trailer é possível identificar paródias dos filmes Tropa de Elite, Nosso Lar, Se Eu Fosse Você e até mesmo Bruna Surfistinha. Protagonizado por Marcos Veras o longa conta a história de um capitão da força de elite que vê sua fama ir por água abaixo após salvar um craque da seleção argentina de um sequestro

Copa de Elite

O policial Jorge Capitão (Marcos Veras) é um competente capitão do BOP e um ídolo brasileiro. 
Só que depois dele salvar de um sequestro o maior craque argentino, às vésperas da Copa, acaba virando o inimigo público número 1 da nação. Expulso da corporação e desacreditado pelo povo, Capitão precisa reaprender a trabalhar em equipe para evitar um atentado contra o Papa na final do torneio.

É quando entra em cena a empresária de sex shop Bia Alpinistinha (Julia Rabello), um médium (Bento Ribeiro) e sua mãe muito louca (Alexandre Frota).

Confira o trailer: