Especiais

Há dez dias, duas barragens da mineradora Samarco, controlada pela Vale (50%) e pela anglo-australiana BHP Billiton (50%), se romperam causando uma enxurrada de lama que já percorreu 700 km, deixando para trás um rastro de morte e desolação na região de Mariana, em Minas Gerais. O número de mortes confirmadas pelo Corpo de Bombeiros é de sete. Outras 15 pessoas estão desaparecidas e centenas desabrigadas.

Leia mais:


A corporação resgatou um corpo na manhã deste domingo (15), na região de Ponte Quebrada, em Águas Claras, distrito de Mariana, na região central de Minas Gerais. O corpo, que ainda não foi identificado, foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) da cidade. Outros três corpos, encontrados na segunda, terça e sexta-feira da última semana, aguardam identificação no necrotério de Mariana. (veja lista de desaparecidos abaixo).

Vale sem o rio Doce

O rio Doce, que um dia fez parte do nome da mineradora Vale, foi dado oficialmente como morto, devido a alta quantidade de substâncias tóxicas na lama que dizimou e afugentou a maior parte da fauna do rio. A cidade de Bento Rodrigues, a mais atingida no desastre ambiental, que vivia do plantio e dependia economicamente da mineradora, pode se desintegrar após a tragédiaem Mariana.

"Pode ser até que a floresta se recupere, mas vai demorar mais que o tempo de uma vida. Nenhum de nós viverá para ver a vegetação voltar a ser como era.”, afirmou ao R7, Carlos Alfredo Joly, do Instituto de Biologia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Quem vai pagar a conta?
Nesta semana, a presidenta Dilma Rousseff, criticada pela demora em ir até às áreas afetadas, anunciou a primeira multa para a Samarco, determinada pelo Ibama, no valor de 250 milhões de reais, menos de 10% do lucro líquido da empresa em 2014. É provável que outras multas, vindas de prefeituras e dos Estados afetados, sejam determinadas nas próximas semanas. A presidenta citou nominalmente as controladoras Vale e a australiana BHP como responsáveis pela tragédia.

Lista de desaparecidos atualizada:

1 - Samuel Viana Albino (Geocontrole BR Sondagens SA)

2 - Ailton Martins dos Santos (Integral Engenharia SA)

3 - Claudemir Elias dos Santos (Integral Engenharia SA)

4 - Edinaldo Oliveira de Assis (Integral Engenharia SA)

5 - Daniel Altamiro de Carvalho (Integral Engenharia SA)

6 - Vando Maurílio dos Santos (Integral Engenharia SA)

7 - Pedro Paulino Lopes Manserv (Montagem e Manutenção SA)

8 - Mateus Marcio Fernandes (Manserv Montagem e Manutenção SA)

9 - Edmirson José Pessoa (Samarco)

Moradores de Bento Rodrigues e região:

10 - Maria Elisa Lucas, 60 anos

11 - Mariana da Silva Santos, 21 anos

12 - Ana Clara dos Santos Sousa, 04 anos

13 - Bruno dos Santos Souza, 29 anos

14 - Antônio Prisco de Souza, 65 anos

15 - Maria das Graças Celestino Silva, 65 anos