Música

Nana, Dori e Danilo Caymmi

A celebração da efeméride está concentrada na família. Os irmãos Dori, Danilo e Nana, lançaram ano passado um CD com treze faixas menos conhecidas do cancioneiro do pai, com o qual vêm se apresentando em shows pelo Brasil.

Em agosto, sob a direção de Dori e Mário Adnet, sai pela Biscoito Fino um disco com os grandes sucessos, repartidos entre os irmãos e o trio de ouro da MPB, que gravou com orquestra: Chico Buarque (Dora e Marina), Caetano Veloso (Saudade da Bahia e Sábado em Copacabana) e Gilberto Gil (Rosa Morena e O Samba da Minha Terra). O que é que a baiana tem? ganhou as três vozes. E os três Caymmis dividem Canção da Partida.

Veja também:

A neta Stella, filha de Nana, capitaneia o lançamento do livro infantil Dorival no Mar de Caymmi (Editora Água Grande), com texto de Lúcia Fidalgo, que narra a trajetória artística do baiano, e ilustrações de Leticia Lima. Dori ainda pretende editar 80 partituras do pai pela Casa da Palavra, mais uma iniciativa para perpetuar a obra singular.

Enquanto isso, na Bahia, após críticas de que na terra natal do poeta não iria haver homenagens, a prefeitura municipal de Salvador, acaba de anunciar um show gratuito com Daniela Mercury. O show "Daniela canta Caymmi" acontecerá no dia 30 de abril, quando o compositor baiano completaria 100 anos se estivesse vivo, e será realizado no Farol da Barra, com participações especiais de Danilo Caymmi e Virgínia Rodrigues.

Mais
"Falou-se da possibilidade de um museu Carybé-Caymmi (o artista plástico foi grande amigo do compositor), mas nunca mais. Essas coisas têm que ser espontâneas, como foi, no Rio, a estátua na praia de Copacabana", disse Dori à Folha.

Família Caymmi in concert: